CRÍTICA - Pacificador l Aquele que não pedimos, aquele por quem nos apaixonamos

Quando James Gunn nos apresentou os personagens que fariam parte do novo Esquadrão Suicida, uma boa galera se perguntou: "Mas que porra é essa James Gunn?". E bom, durante o filme o amor pelos personagens até então desconhecidos pela maioria aflorou, o filme correu perfeitamente bem e NO FIM... Ódio e apenas ódio ao Pacificador que, ALERTA DE SPOILER, resolveu que seria uma ideia magnifica, matar o nosso querido Rick Flag. 

Mas então, temos a noticia de que o assassino "desconhecido" citado a cima, ganharia uma série spin-off e uma boa parte novamente ficou se perguntando: "What the fuck James?", com tantos personagens, com a Caça Ratos 2 que roubou como um ratinho lindo o coração de todos, porque uma série do Pacificador? E a resposta chegou logo com o primeiro trailer que deixou TODO MUNDO maluco. 

Primeiramente, não confie em quem pula abertura da série, pois quem pula essa abertura espetacular é um otário e não é confiável. 

A série se tornou uma joia para a DC, ela perfeitamente consegue seguir o padrão nonsense e por muitas vezes bizarro do ultimo Esquadrão Suicida, vendo que o pacificador começa a série literalmente, e acreditem em mim quando digo literalmente, botando pra fuder, e entregar perfeitamente ação, aventura, humor (e que humor) e história! John Cena está simplesmente impressionante ao dar vida ao Pacificador, o roteiro soube aproveitar incrivelmente tudo que o ator tem pra dar, levando o personagem que todos odiaram ao fim do filme citado acima, a ser amado após o primeiro episódio e ser ainda mais quisto em outros projetos com o decorrer da série. Alias, todos os personagens estão bem escritos com atuações impecáveis. Todo o elenco da série merece que rasguemos elogios a tudo que foi entregue.

A série em si conseguiu se desenvolver perfeitamente bem, durante seus oito episódios, conseguimos embarcar nessa aventura sem nem ao menos pensar duas vezes, e mesmo que em alguns momentos miúdos a série de uma pequena desacelerada não tão necessária assim, você simplesmente não consegue apontar defeitos que estragariam toda aquela obra, e a cada episódio bem executado e cheio de surpresas e plotwists , você quer mais e mais do Pacificador e sua equipe. 

No fim, nos apaixonamos por um episódio final espetacular, com uma batalha final melhor ainda, dando destaque ao escudo do Pacificador, que eu tenho certeza que foi uma leve referencia e alfinetada a um certo escudo na Marvel, e ai berramos, tivemos ataques do coração com quase mortes e ataques de ódio por aparições incompletas e surpresa pelas mesmas aparições incompletas, mas que mesmo assim são aparições inesperadas e animadoras. E agora sim, no fim de verdade, novamente, porém agora, POSITIVAMENTE exclamamos: QUE PORRA É ESSA JAMES GUNN! 

A série do Pacificador está disponível no HBO Max e você pode conferir ela legendada e dublada que é a melhor versão, afinal, é muito mais gostoso ouvir palavrão e baboseiras na nossa língua com a melhor dublagem do mundo. 

Pacificador esta confirmado para uma segunda temporada no HBO Max.

Postar um comentário

Copyright © Bunker Nove. Criação OddThemes Designer Marcio Oliveira Designer