REVIEW CAVALEIRO DA LUA: Não pedimos, recebemos e nos apaixonamos

  

A  primeira temporada de Cavaleiro da Lua chegou chegou ao fim infelizmente com  apenas seis episódios, e mesmo que triste por tão poucos, preciso dizer que simplesmente, o pouco, foi espetacular e preciso, para deixar o coração  de quem escreve, apaixonado pelo  personagem. 

Bom, vamos ao que interessa. A série entrega tudo que você precisa. Romance, loucura, porradaria  da melhor qualidade, muita empolgação e LÁGRIMAS. E quando eu digo  porradaria de qualidade, é bem no nível de Capitão América 2: O Soltado  Invernal. Apesar da série não se conectar com nenhum dos eventos do  MCU (atual ou passados), ela permite que novas figuras e ideias surjam  nesse entorno, preenchendo oque pode ser um futuro mais amplo, com magia e misticidade a parte do que já temos com WandaVision e Doutor Estranho ( que por sinal, tem pré estréia para hoje, então não percam a review amanha aqui no site ok?) e é claro, nos da certas esperanças pra um futuro que pode nos apresentar "Os Filhos Da Meia Noite". Sim, eu sei que sonho demais. 

Durante todos seus ultimos ep's a série se manteve delicada com  a ideia de mega confrontos, focando em Marc e Steeve para resolverem os percalsos que viriam a surgir, mas estamos falando de Marvel e um mega final foi nos entregue. E cá entre nós, muitas reclamações são feitas sobre a "formula Marvel", mas admitam, as vezes é totalmente necessário, pois me atrevo a dizer que, Cavaleiro da Lua tem um final  tão bom quanto Wanda Vision e Capitão América e Soldado Invernal. E devo dizer, que diferentemente das duas citadas, a série simplesmente não tem um só episódio que seja simplesmente ruim, todos eles te apresentam algo, adicionam ou explicam algo que se apresente ou se apresentará num determinado momento, te fazendo  ficar ansioso para o próximo.  

Falando sobre elenco, direção e roteiro, só  posso  tecer elogios, episódios lindos e dinamicos, um show a parte de efeitos visuais, práticos e atuações perfeitas de todos os lados.  Ethan Hawke May Calamawy entregaram tudo como Arthur e Layla, mas como sabemos, temos que ovacionar Oscar Isaac, pois ele simplesmente foi mais que explendido em todos os episódios, entregando hora Marc, hora Steeve com tanta naturalidade e maestria que até a forma como a respiração do personagem acontece, muda drasticamente e você simplesmente se vê diante de outra pessoa. Voz, forma de olhar, falar, piscar (Marc pouco pisca)... Oscar Isaac por tal trabalho que beira a perfeição, merece sim um Oscar como sabemos desde o  inicio, e assim como seus antecessores heróicos, perfeito para o papel. .

No fim, faço  uma comparação estranha, pra mim, Cavaleiro da Lua foi como O Pacificador da Dc Comics. Um personagem até então "desconhecido", sem muitas conexões com o universo construído a sua volta e que muitos torceram o nariz para o seu  anuncio (eu incluso, não posso ser hipocrita). Mas que com a direção, roteiro, elenco e uma trilha sonora que vai  de One Direction até o clássico renascido "A Man Without Love", nos deixaram empolgados e apaixonados com apenas um episódio. 

O ultimo episódio da série já esta disponível no Disney Plus e ele possuí uma cena pós crédito extremamente importante para a trama do personagem e seu futuro no MCU, então, ASSISTAM ATÉ O  FINAL

O Cavaleiro da Lua retornará! 



Postar um comentário

Copyright © Wiver Silva. Criação OddThemes Designer Marcio Oliveira Designer